15 de mar de 2018

Mês de março e a consultoria em atividades.

Ilustração de uma mulher sentada a sua frente vários objetos em cima de uma mesa. Sua imagem reflete a ideia de pensamento e a sua volta, um cofre de porquinho, carro e um cartão de credito  

Estamos no mês de marco, mas que mês é esse para as mulheres que são militantes, resolvi escrever este post depois de assistir um vídeo da querida Estela onde ela trás essa reflexão sobre este mês tao importante para as mulheres.
No seu vídeo publicado em seu perfil no Facebook, Estela Rocha questiona que neste mês as empresas, canais midiáticos, jornais e agencias buscam por ajudinhas, como mesmo ela diz, que ama o que faz, mas as pessoas não levam em conta toda a questão de cada vez mais mulheres militantes estão dedicando parte de suas vidas a estarem estudando, criando e construindo esse trabalho Feminista.
Eu particularmente estudo bastante todos os temas relacionados as mulheres, ter conhecimento tem se tornando mais uma das buscas para mim durante estes anos de militância, e tudo isso ao uma vida agitada, demanda tempo e mais tempo.
Muitas vezes dia e mais dias de estudos e buscas, buscando pelo conhecimento.
Receber um convite claro é maravilhoso, mas empoderar esta mulher e também valorizar o trabalho de todas as companheiras e toda essa ajuda é sim uma consultoria, depois de ver este vídeo eu comecei a refletir sobre os tantos convites que já recebi durante estes anos e me fez pensar mais a cada convite que eu irei e estou recebendo neste ano.
Quantos convites eu recuso por toda questão financeira, pois eu dependo muitas vezes de um táxi adaptado para ir e voltar para casa, ter como pagar alguém para ficar com meu filho, ter um retorno para poder comprar algo para mim, como roupas e calcados, porque preciso estar bem vestida para estar nos lugares e alimentação.
Amo falar do meu trabalho, da luta das mulheres com deficiência ,mas seria bom ter m retorno financeiro que me ajudaria e muito.
Sim neste mês eu cancelei atividades em função disto, que possamos ser lembradas todo ano e ter esse conhecimento de emporamento financeiro pois quando se tem filho a coisa complica.
O trabalho que faço é social quando necessário e, é a maioria das vezes mas também uma consultoria.
Muitas destas consultoria me permitiram também fazer um trabalho social por ter como estar nestes espaços bem arrumada, pude avançar na minha qualidade vida e do meu filho em relação a nossa casa pois tive esse reconhecimento do meu trabalho.
Vamos valorizar estes conhecimentos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado. Obrigado por participar pois sua opinião é importante para eu continuar meu trabalho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...